domingo, 10 de abril de 2011

É O QUE TEMOS PRA HOJE....

9 comentários:

Paty disse...

Amigo querido,
tem coisas que nós escutamos e não comentamos, apenas sentimos... Esse vídeo é isso... Sem comentários...
Acho que consegui sentir...
Queria apenas te dar um abraço neste momento, um fraterno e caloroso abraço...
Como a distância e o tempo não permitem, pego emprestadas as palavras de Vinícius para te dizer que "quem já passou por essa vida e não viveu, pode ser mais, mas sabe menos do que eu. Porque a vida só se dá pra quem se deu, pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu..."
Boa vida meu irmão! ;)

Tadeu disse...

bela caminhada...

bela camisa...

grande abraço e se cuida.

Tati disse...

Se você não responder o e-mail que estou te mandando agrora, está tudo terminado entre nós!!! hahahaha!!
Beijos, meu amigo!

Ceac disse...

Minhas queridas e meu querido....

já conversei em particular com cada um de vocês. Mas fiquem tranquilos....eu to bem. Não estou melancólico, estou reflexivo.

O que me sinto tb é distante de vocês. Talvez seja uma forma tb me mostrar para os meus amigos. Me sinto distante de vocês...mais do que a distância já deixa.

foi um sinal de vida.
To bem e feliz....fiquem tb!

Beijos e queijos
Felipe

felipe disse...

To dizendo que ando trabalhando muito.... o tal CEAC e onde eu trabalho no ICMBio

ehehehe
Felipe

Tati disse...

Já ia mesmo perguntar... hehe

Que bom, ficamos mais felizes, também!

Beijossssssssss!!!

P.S. Poxa, vamos resolver logo essa coisa da distância! Brasília-Rio é um PULO para quem morava no ACRE!! hahahaha BJ!

Dani disse...

Boa Sorte!!

vinicius disse...

Amigo, amigo meu... A despeito do deleite que é ter contato com o Felipe virtual, do alto da falta que sua presença me traz, deixo-te alguns versos de meu sempre fiel Fernando Pessoa:

É fácil trocar as palavras,
Difícil é interpretar os silêncios!
É fácil caminhar lado a lado,
Difícil é saber como se encontrar!
É fácil beijar o rosto,
Difícil é chegar ao coração!
É fácil apertar as mãos,
Difícil é reter o calor!
É fácil sentir o amor,
Difícil é conter sua torrente!

Como é por dentro outra pessoa?
Quem é que o saberá sonhar?
A alma de outrem é outro universo
Com que não há comunicação possível,
Com que não há verdadeiro entendimento.

Nada sabemos da alma
Senão da nossa;
As dos outros são olhares,
São gestos, são palavras,
Com a suposição
De qualquer semelhança no fundo.

----------------------------

Dito isto, um beijo no coração!!

PS: Concordo com o Tadeu. Bonita camisa, Fernandinho...

Felipe disse...

Sensacional esse poema rapaz. Gostei.
Beijo proce cara......ta sumido viu!